Caçuá, com o flautista Dudu Oliveira

por luisnassif
 
Gui Oliveira

Caçuá (de João Lyra e Maurício Carrilho), com o flautista Dudu Oliveira.

Vídeos:  

34 minutos atrás

As verdadeiras pin-ups

por luisnassif
 

Do Idea Fixa

As verdadeiras pin-ups

Por Janara     

Você já se perguntou onde é que o Gil Elvgren achava tanta mulher perfeita para servir de modelo? Pois bem, a realidade não é tão perfeitinha assim.

leia mais

42 minutos atrás

“Não há vitória definitiva para a inflação”, afirma Belluzzo

por luisnassif
 

Do blog do Bruno de Pierro

Belluzzo para o blog: “não há vitória definitiva contra a inflação”

O professor da Unicamp Luiz Gonzaga Belluzzo, que ao lado de Delfim Netto e Yoshiaki Nakano, compõe o grupo de economistas conselheiros da presidente Dilma Rousseff, disse acreditar que, logo mais, o Banco Central anunciará o aumento da taxa Selic, como forma de conter a inflação. Na semana passada, os três economistas participaram de uma reunião em Brasília com a presidente Dilma, na qual nenhum dos três se opôs ao aumento da taxa de juros, conforme informou o Valor Econômico. Ao jornal, Belluzzo disse que o país se divide entre aqueles que acham que não pode haver aumento dos juros e os que acham que os juros não podem cair.

Em entrevista a este blog, Belluzzo disse que a discussão exige um olhar para o índice de inflação média dos últimos 15 anos, que ficou em torno de 5,9% – não muito diferente da taxa de inflação de agora. Segundo ele, a economia brasileira está sofrendo de uma doença crônica, chamada indexação. “Ainda que isso tenha diminuído, existem práticas de indexação informais que sustentam o componente inercial da inflação”, disse. As origens desse modelo estão, contudo, enraizadas numa dimensão cultural do país. Para Belluzzo, parte do problema também se deve às metodologias para medição do Produto Interno Bruto (PIB) e à política de metas de inflação, estabalecida desde 1999 pelo Banco Central. “Hoje a política de metas é questionada em todo o mundo, pois é uma maneira mecânica de controlar a inflação”.

leia mais

uma hora atrás

A visão de Howard Zinn sobre os EUA

por luisnassif
 
Webster Franklin

Do Diário do Centro do Mundo

Como o maior historiador americano via seu país

Howard Zinn (1922-2010) jamais deixou de achar que o mundo pode e deve ser melhor.

Este texto é o primeiro capítulo do livro “A Power Governments Cannot Suppress” , do maior historiador americano, Howard Zinn. Zinn é autor do clássico “A People’s History of the United States: 1492 to present”, que o Diário recomenda vivamente a quem deseja conhecer os Estados Unidos com a devida profundidade.

O futuro dos EUA está ligado à compreensão do nosso passado. Por isso, escrever sobre a história, do meu ponto de vista, nunca é um ato neutro. Ao escrever, espero despertar a consciência da injustiça racial, do preconceito sexual, da desigualdade de classes e do orgulho nacional.

Também quero trazer para a luz do dia a resistência – de que nunca se fala – das pessoas contra o poder do sistema governante, a recusa dos indígenas a simplesmente desaparecerem, a rebelião dos negros no movimento contra a escravatura e o movimento mais recente contra a segregação racial, as greves feitas pela gente trabalhadora através de toda a história dos Estados Unidos da América, com a intenção de melhorar a sua vida.

leia mais

uma hora atrás

Malafaia manifesta interesse pela candidatura de Campos

por luisnassif
 
Gunter Zibell – SP

Do Pernambuco 247

“Eduardo (Campos) não precisa ser contra gay para ter o meu voto”

PE247 – O pastor evangélico Silas Malafaia manifestou, mais uma vez, interesse pela candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República em 2014. Para o religioso, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, o gestor pernambucano, com quem já conversou, é mais bem “preparado” do que os presidenciáveis Marina Silva (Rede Sustentabilidade), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e a atual chefe do Executivo federal, Dilma Rousseff (PT). Malafaia também alfinetou o PT, ao afirmar que o partido está fazendo um “joguinho ideológico” para manobrar o deputado federal Marcos Feliciano (PSC-SP) a renunciar à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

Em relação a Eduardo Campos, o evangélico confessou que já conversou com o pessebista e considera que o gestor está fazendo um grande governo em Pernambuco. “Gostei da conversa. Vejo nele a possibilidade de ser meu candidato”, declarou Malafaia, nesta terça-feira (16), à Rádio JC/CBN. Para ele, o governador pessebista tem “visão” sobre o fato de o Brasil ser “um País onde o PIB (o crescimento do Produto Interno Bruto) é uma “bomba relógio” ligada e é menor do que a inflação”.

leia mais

uma hora atrás

Governo quer aproveitar potencial do gás natural

por luisnassif
 
Assis Ribeiro

Do Estadão

Dilma quer tornar viável uso do gás natural

Sabrina Valle e Fernanda Nunes

Ideia, apoiada pela Petrobrás, é depois usar a rede de transmissão elétrica para suprir a carência de gasodutos no País

O governo, a mando da presidente Dilma Rousseff, vai usar a rede de transmissão elétrica para suprir a carência de gasodutos do País e tornar viável o uso do gás produzido em terra no Brasil, hoje uma fonte de energia pouco competitiva e com potencial desperdiçado. A ideia, encampada pela Petrobrás, e transformar o gás em energia elétrica por meio de termoelétricas ao lado do poço de produção, usando posteriormente a rede de linhas de transmissão para escoá-la. A estratégia replicaria á nova e bem-sucedida experiência da OGX/MPX no Maranhão.

“É um modelo mais barato do que o de gasodutos. Hoje, já é uma necessidade. O gás só tem viabilidade comercial se puder ser monetizado (transformado em dinheiro)”, disse o superintendente de Planejamento, Pesquisa e Estatística da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Elias Ramos de Souza.

leia mais