PT é o partido mais admirado

por Nogueira Junior
 
 
Partido do ex-presidente Lula é admirado por 34,3%, bem a frente do PSDB, o segundo, com 7,3% 
Jornal do Commercio 
“A despeito da condenação de alguns de seus quadros políticos envolvidos no chamado caso do mensalão, o PT é o partido mais admirado pelos recifenses. Na pesquisa espontânea, diante da pergunta “qual o partido político que você mais admira”, a legenda da presidente Dilma foi citada por 34,3% dos entrevistados, uma liderança com folga frente ao segundo colocado, o PSDB (7,3%). Por sinal, o segundo percentual mais alto nesta pesquisa espontânea não coube a um partido, mas ao índice de pessoas que disseram não admirar nenhum partido: 23,7%.
Mais informações » 
6 horas atrás

Aécio Neves quer impor “Censura Judicial” contra Novojornal

por Nogueira Junior
 
 
Derrotado na tentativa de fechar o Novojornal, através do procurador Jarbas Soares e no boicote comercial, Aécio Neves determina “Censura Judicial” 
Novojornal 
Desde a fundação do Novojornal, em 2006, o grupo político liderado por Aécio Neves, insatisfeito com a independência editorial do Novojornal, vem tentando fechar o portal jornalístico. No início, o fizeram através de uma campanha orquestrada por jornalistas ligados ao Palácio da Liberdade, comandados por Andréa Neves, na tentativa de desmoralizar o portal jornalístico, por meio de acusações contra seu diretor responsável, Marco Aurélio Carone.

Tal estratégia, adotada por dois anos, não obteve sucesso uma vez que as acusações partiam de jornalistas insatisfeitos por terem sido demitidos por Carone, dos veículos Jornal de Minas e Diário de Minas quando ele os dirigia na década de 80. A falsidade das acusações apontadas comprovou-se inclusive judicialmente.

Em 2008, diante da ineficiência da estratégia adotada em atacar o diretor responsável do Novojornal e diante do crescimento do portal jornalístico, com a comprovação das matérias publicadas, abrindo para o País uma janela sobre o que estava ocorrendo em Minas Gerais, também por iniciativa de Andréa, utilizando-se da Procuradoria Geral de Justiça, na época sob o comando do então procurador Geral Jarbas Soares, tentou-se empastelar o Novojornal, com sua retirada do ar.” Matéria Completa, ::AQUI:: 

7 horas atrás

Goiás é ‘omisso, inoperante ou envolvido’ com assassinatos, acusa ministra

por Nogueira Junior
 
Ministra Maria do Rosário ao lado de Rogério Sottili, secretário paulistano de Direitos Humanos (Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo)

Durante anúncio de federalização dos crimes contra 29 moradores rua em Goiânia, Maria do Rosário faz duros ataques à falta de atuação do estado no combate a grupos de extermínio 
João Paulo Soares, Rede Brasil Atual 
A secretária nacional de Direitos Humanos, ministra Maria do Rosário, fez ontem críticas duras à falta de atuação do Estado de Goiás no combate aos grupos de extermínios que desde agosto do ano passado mataram 29 moradores de rua na capital Goiânia, a 200 quilômetros de Brasília, sem que ninguém até agora tenha sido preso. 
Ao pedir a federalização de todo o processo de investigação policial e judicial sobre as mortes, a ministra acusou, em tom de desabafo, o aparelho de Estado goiano de “omissão, inoperância ou envolvimento” com os crimes. Goiás é governada por Marconi Perillo (PSDB), que foi flagrado pela Polícia Federal em conversas e negócios comprometedores com o ex-senador do DEM Demóstenes Torres e o bicheiro Carlinhos Cachoeira. O bicheiro é acusado, nas operações Vegas e Monte Carlo da PF, de comandar o crime organizado em torno de máquinas caça-níqueis no país – cuja base seria justamente Goiás. As investigações vieram a público há um ano. O senador, que também é de Goiás e lá atuava como promotor público, foi cassado; o governador foi poupado. No Congresso Nacional, uma CPI foi instalada para aprofundar as relações políticas e empresariais com o esquema. A CPI do Cachoeira terminou meses depois sem relatório final e “abafada”, na grande imprensa, pelo julgamento da Ação Penal 470, conhecida por mensalão, no mesmo período. Mais informações » 

8 horas atrás

Um passo à frente

por Nogueira Junior
 
 
“Liberdade de expressão é um conceito em disputa. Apesar disso, uma de suas versões – a liberal – tem sido empunhada como bandeira de luta exatamente pelos representantes do sistema privado oligopolizado de comunicações. Paradoxalmente, em nome da liberdade de expressão, interdita-se o debate democrático sobre ela própria. 
Venício Lima, Carta Maior / Observatório da Imprensa. 
Chegou a hora de dar um passo à frente na questão da regulamentação das comunicações no Brasil. Certamente atingimos um ponto de esgotamento no que se refere ao diagnóstico básico da situação e à identificação de atores e de suas posições. As preliminares estão postas. É necessário avançar.

Os fatos conhecidos

Que a legislação do setor está defasada e que normas e princípios constitucionais aguardam regulamentação há quase 25 anos, é fato. Mais informações » 

9 horas atrás

Para crescer, Turquia joga tomates nos especuladores

por Nogueira Junior
 
 “País acaba de reduzir sua taxa de juros de 5,5% para 5% ao ano, embora a meta de inflação tenha sido estourada; México também reduziu juros depois de superar a meta, para estimular a atividade econômica; bancos centrais do mundo inteiro hoje discutem como  flexibilizar seus regimes de metas inflacionárias; decisão coloca ainda mais pressão sobre o Banco Central do Brasil, que, amanhã, revela sua decisão sobre a política monetária no Brasil; no resto do mundo, o lobby do tomate tem fracassado 

Brasil 247 
O Banco Central da Turquia acaba de anunciar: a taxa básica de juros da economia foi reduzida de 5,5% para 5%. O motivo é estimular a atividade econômica num país em que a meta inflacionária, de 5% ao ano, foi superada e só será alcançada, segundo o governo, no segundo semestre de 2013. Na prática, foi como se as autoridades monetárias turcas atirassem tomates nos especuladores. Mais informações » 

Anúncios