Daniela Mercury fala sobre decisão de assumir relacionamento em entrevista

por noreply@blogger.com (Gay 1)
 
Cantora deu entrevista ao Fantástico e falou sobre a união com jornalista. 
Antes, a cantora teve dois casamentos heterossexuais e cinco filhos. 

Daniela Mercury fala sobre decisão de assumir relacionamento em entrevista
Do Gay1, com informações e vídeo do Jornal Hoje 

 A luta contra o preconceito sexual ganhou o apoio de Daniela Mercury. No domingo (7), o fantástico mostrou uma entrevista com a cantora, que já teve dois casamentos heterossexuais e é mãe de cinco filhos. Ela falou sobre a decisão de assumir o relacionamento com a jornalista baiana Malu Verçosa.

“Estou comunicando uma relação com uma mulher porque acho natural. E isso vem a reforçar essa liberdade de se ser como se quer e é a luta fundamental da comunidade de gays, lésbicas… eu não gosto dos rótulos, mas estou nessa luta política, sem dúvida, sempre estive”, disse Daniela.

Sobre a reação de seus filhos, a cantora afirma que eles são acostumados à mãe que têm: “Eles foram educados pra liberdade. Não é pro respeito, é simplesmente ser natural na vida, entender as diferenças”.

Daniela e Malu moram juntas há quatro meses. “Se não fosse a coragem dela e a compreensão de que isso era importante pra ela, eu não poderia fazer isso sozinha. É preciso que o casal tenha essa disposição. E olha que ela não suporta aparecer”, comenta.

6 horas atrás

É difícil que gays sejam aceitos no mundo do rap, diz Snoop Lion

por noreply@blogger.com (Gay 1)
 
Em entrevista ao The Guardian, músico argumenta que o seu meio é ‘muito masculino’. 

Do Gay1 Entretenimento 

Segundo Snoop Dogg, o mundo do rap é como um 'vestiário cheio de machões' (Foto: Reuters)Segundo Snoop Dogg, o mundo do rap é como um ‘vestiário cheio de machões’ (Foto: Reuters) O rapper Snoop Lion, que antes se chamava Snoop Dogg, acha difícil que em algum dia a homossexualidade seja aceitável no mundo do rap. A declaração foi feita ao jornal The Guardian. “É como um time de futebol. Você não pode estar em um vestiário cheio de machões e de repente dizer: ‘Ei, cara, eu gosto de você’. Vai ser difícil”, comparou o músico.

O que dizer, então, do elogiado músico Frank Ocean, que se assumiu homossexual no ano passado? Para Snoop Lion, isso não representa evolução alguma no meio: “Frank Ocean não é rapper. É cantor. É aceitável no mundo dos cantores, mas no mundo do rap não sei se em algum dia será aceitável, porque o rap é muito masculino.”

Snoop, no entanto, afirma ser a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo nos Estados Unidos e garante ser livre de preconceito. “Não tenho problema com os gays. Até tenho amigos gays”, disse.

7 horas atrás

Walcyr Carrasco estreia novela na Globo com vilão gay: ‘o pastor Marco Feliciano aprovaria’

por noreply@blogger.com (Gay 1)
 
Autor falou sobre sua nova novela, ‘Amor à Vida’, e sobre personagem que será vivido por Mateus Solano. 

Do Gay1 Entretenimento 

Walcyr Carrasco lança o livro 'Juntos para Sempre' e se prepara para estrear a nova novela das 21h da Globo, 'Amor à Vida' (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)Walcyr Carrasco lança o livro ‘Juntos para Sempre’ e se prepara para estrear a nova novela das 21h da Globo, ‘Amor à Vida’ (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress) Autor da ‘Amor à Vida’, novela que sucederá Salve Jorge no horário das 9, Walcyr Carrasco contou que sua trama terá um vilão gay e o comparou ao deputado Marco Feliciano (PSC-SP). A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo. “Estou escrevendo a novela há um ano. Mas, de certa maneira, é um tipo que o Feliciano aprovaria, porque não se expõe. É o gay no armário, casado e com filho”, disse. Mateus Solano está no papel.

O autor conta que, por causa desse personagem, já foi atacado nas redes sociais. “Não quer dizer que todos os gays sejam maus, quer dizer que esse personagem é mau e é gay. O politicamente correto virou uma obsessão. Sempre vão arranjar um motivo para dizer que tal obra não deveria ir ao ar por esse ou por aquele motivo. No Brasil, qualquer casal gay pode se beijar onde quiser e ninguém pode falar nada. Mas esse direito não é exercido, só em locais específicos. O que se cobra da TV é que ela dê um passo que os próprios homossexuais não deram, que é o de assumir o seu espaço. Essa é a visão da Globo. E eu sou um funcionário.”

7 horas atrás

George Michael deixa clínica de reabilitação após dois meses de tratamento

por noreply@blogger.com (Gay 1)
 
O namorado do cantor negou que tenha ficado hospedado na mesma clínica. 

Do Gay1 Entretenimento 

George Michael gastou 27 mil libras por semana (Foto: Getty Images)George Michael gastou 27 mil libras por semana
(Foto: Getty Images) O cantor britânico George Michael retornou ao Reino Unido após ficar internado por dois meses em uma clínica de reabilitação na Austrália. 

O músico gastou 27 mil libras por semana para ficar hospedado em uma luxuosa clínica, em que tratou sua ansiedade e outras problemas emocionais. A informação foi publicada no site NME.

Em entrevista ao “Metro”, o namorado do cantor, Fadi Fawaz, negou que tenha ficado hospedado na mesma clínica que o amado. Fawaz esteve na Austrália para visitar a mãe que mora em Queensland.

George Michael cancelou os shows que faria na Austrália a partir de 10 de novembro de 2012 por causa de uma “forte ansiedade” decorrente da sua luta contra uma grave pneumonia. O artista disse em seu site que não poderá completar as apresentações da sua turnê “Symphonica” na Inglaterra, em outubro, antes de iniciar um tratamento.