Mudar o nome do Viaduto do Chá é coisa antiga

19:46, 2 DE ABRIL DE 2013 

MILTONJUNG

 AMBIENTE URBANO TAGS: ,

Luz no Teatro Municipal

A tentativa de mudar o nome do Viaduto do Chá, para homenagear o ex-governador Mário Covas, liderada pelos vereadores do PSDB, na Câmara Municipal, não é uma novidade nos 120 anos de história deste monumento da cidade. Em 1929, havia o interesse de transformá-lo em Viaduto do Café, ação motivada pela importância do produto na economia de São Paulo. Não houve sucesso. Mais recentemente, em 2007, o então presidente da Câmara de Vereadores, Antonio Carlos Rodrigues (PR), atualmente senador da República, apresentou projeto de lei para rebatizar o primeiro viaduto da cidade com o nome do empresário Octávio Frias de Oliveira, do Grupo Folha, morto em 29 de abril daquele ano, aos 94 anos. Nome que acabou emplacando na ponte estaiada, sobre o rio Pinheiros.

Desta vez, a iniciativa ganhou o apoio de 45 dos 55 vereadores paulistanos, mas pela reação dos ouvintes-internautas, desde que falei do assunto no Jornal da CBN, tenho muitas dúvidas se o projeto de lei vai vingar. Mário Covas merece todas as homenagens pelo político que foi, e por isso mesmo não precisava ter seu nome envolvido nesta polêmica.

Anúncios